Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

Remédios Caseiros Para A Síndrome do Pânico

Tratamento Para A Síndrome Do Pânico

A síndrome do pânico é notoriamente difícil de curar sem algum tipo de ajuda externa. Isso porque um dos problemas mais comuns para a cura da síndrome do pânico é que quanto mais você pensa sobre seus ataques de pânico, mais provável de você tê-los.

Portanto curar seus ataques de pânico em casa é difícil. Mas não é impossível. Neste artigo, vamos ver alguns remédios caseiros eficazes para ataques de pânico e descrever o que é preciso para superar seu pânico e ansiedade.

O Remédio Caseiro Mais Eficaz

Há muitas soluções diferentes para prevenir e reduzir a síndrome do pânico. Mas a solução mais eficaz é baseado em seus sintomas de ansiedade.

A Cura da Síndrome do Pânico

Os ataques de pânico são muito complexos. Uma das questões que contribui para sua complexidade é que os ataques de pânico são muitas vezes reacionário, e ocorrem mais frequentemente quando você pensa mais sobre eles – quanto mais você se preocupar com eles, pior fica.

Revelado como acabar c/ seus ataques de pânico hoje mesmo com estas estratégias simples…

Síndrome do pânico geralmente é causada ​​por um excesso de sensibilidade na forma como você se sente, em um padrão que se assemelha a seguinte:

  • Você vive sua vida preocupado com ataques de pânico.
  • Você sente alguma coisa – qualquer coisa – como um ligeiro aumento do ritmo cardíaco ou um leve desconforto.
  • Você sempre repara nisso, porque seus ataques de pânico deixa você mais sensível.
  • Você, então, acredita que está prestes a ter um ataque de pânico.
  • Esta preocupação inunda seu corpo com a ansiedade.
  • Um ataque de pânico ocorre.

O excesso de sensibilidade é conhecido como sendo hipersensível, e é uma condição extremamente comum em pessoas com ansiedade e ataques de pânico.

Essencialmente, você fica em sintonia exagerada com seu corpo, porque você está sempre se preocupando com outro ataque de pânico, e isso faz você se preocupar com qualquer mudança no seu corpo, que inunda sua mente com ansiedade, porque você está preocupado que isso possa significar um outro ataque de pânico.

Além disso, a ansiedade de se preocupar com ataques de pânico pode causar um aumento na frequência cardíaca por conta própria, que pode atuar como a sensação que desencadeia o ataque de pânico.

Esta é uma das principais razões de os ataques de pânico podem serem tão difíceis de curar por conta própria. Em muitos aspectos, o próprio pânico causa o pânico, e quanto mais você pensa nele, maior a probabilidade de você tê-lo.

3 Remédios Caseiros para Síndrome do Pânico

Nunca é má ideia consultar um profissional para o seu tratamento. Existem técnicas comprovadas que podem ajudar a reduzir a frequência e gravidade dos seus ataques de pânico, e até mesmo alguns dos remédios listados abaixo funcionam melhor quando você é observado por alguém que pode ajudar se a sua ansiedade se agravar.

Da mesma forma, você deve sempre consultar o seu médico antes de iniciar qualquer tratamento para síndrome do pânico.

As causas físicas de ataques de pânico são muito raras, mas a menos que você visite um médico, você sempre vai ter aquela sensação de que seus ataques de pânico representam outra coisa – algum tipo de problema de saúde.

Consultar um médico alivia um pouco essa ansiedade. Mas esteja avisado que muitas pessoas ainda se convencem de que consultar um médico não é tudo, então não espere ver um médico para se livrar da sua ansiedade e pânico.

Finalmente, nem todos os remédios caseiros acabam com os ataques de pânico completamente. Alguns simplesmente reduzem a gravidade ou a frequência. Mas se seus ataques de pânico são menos graves, você vai temê-los menos, e se você temê-los menos você estará menos propenso a ataques de pânico futuros.

A seguir estão algumas maneiras eficazes casa para tratar ataques de pânico:

Treinamento da Respiração

A primeira coisa que você precisa fazer é retreinar seu corpo a respirar de forma mais eficiente, e aprender como a sua respiração afeta seus ataques de pânico.

Numerosos estudos têm mostrado que a maioria dos sintomas de ataque de pânico não vem de adrenalina, mas a partir de hiperventilação. A hiperventilação é quando o corpo libera o excesso de dióxido de carbono. Geralmente ocorre porque você está respirando muito rápido, mas em alguns casos pode ocorrer porque você está respirando muito oxigênio.

Muitas pessoas com ataques de pânico ou respiram rápido, porque elas estão perto de “entrar em pânico”, ou elas tentam respirar fundo, porque sentem que precisam. O que torna as coisas ainda piores é que um dos sintomas da hiperventilação é se sentir como se não tivesse ar suficiente – isso faz com que você deseja naturalmente respirar mais, e, infelizmente, isso faz com que a hiperventilação piore. Outros sintomas incluem:

  • Dores no peito.
  • Falta de ar.
  • A fraqueza muscular e formigamento.
  • Dificuldade de concentração.
  • Batimentos cardíacos acelerados.

Seja um caso de superação e livre-se hoje mesmo das crises de ansiedade e pânico com estas estratégias simples…

Qualquer pessoa que tenha tido um ataque de pânico reconhece esses sintomas, e é por isso que é tão importante controlar e prevenir a hiperventilação. Você pode fazer isso de duas maneiras:

Respirando mais lentamente – Bem no momento que você acha que vai ter um ataque de pânico, treine para abrandar a sua respiração. Inspire por pelo menos 5 segundos, segure por 2 ou 3 segundos e expire durante pelo menos 7 segundos. Certifique-se de que você está inspirando pelo nariz e expirando com lábios franzidos, como se estivesse assobiando. Isso não vai impedir os ataques de pânico, mas vai diminuir a intensidade.

Reaprender a respirar – Você também deve tirar um tempo do seu dia para a prática deste método de respiração, mesmo quando você não tem um ataque de pânico. Os ataques de pânico e ansiedade jogam seu corpo para fora de seu padrão de respiração normal.

Dedicar 30 minutos de cada dia para a prática deste tipo de respiração pode ajudar seu corpo a reaprender a respirar, e deve deixá-lo menos propenso a hiperventilar no futuro.

Quando você tem ansiedade e síndrome do pânico, o seu corpo pode aprender a respirar tão mal que você hiperventila mesmo sem um ataque de pânico. Isso causa sintomas parecido com pânico, que podem desencadear um ataque de pânico real. Então, ensinar a si mesmo como respirar melhor é muito importante.

Dessensibilização

A dessensibilização é algo recomendado ser feito na presença de um terapeuta, mas pode ser feito sozinho, se você estiver disposto a se comprometer.

É o processo de fazer o que dispara seus ataques de pânico menos assustador, experimentando cada um exaustivamente até seu corpo não reagir mais com tanta ansiedade.

Por exemplo, digamos que seus gatilhos de ataque de pânico mais comuns são tontura, falta de ar, e estar num carro ou lugar fechado. Você teria que dessensibilizar-se destas coisas usando alguma variação dos seguintes procedimentos:

  • Tonturas – gira ao redor em uma cadeira e espere até se acalmar.
  • Falta de Ar – Tente hiperventilar de propósito.
  • Estar no carro – Dirija por horas a fio em um ambiente seguro até você se sentir mais calmo.

Estes exercícios precisam ser acompanhados com algum tipo de exercício de relaxamento para se certificar de que você não experimente ansiedade muito profunda quando você experimentá-los. Você também precisa se comprometer com eles.

Se você tem um ataque de pânico, enquanto tenta técnicas de dessensibilização e você permite que o ataque o impeça de continuar em frente, você pode aumentar a probabilidade dos ataques de pânico no futuro. É por isso que muitas vezes é aconselhável que você executar estes exercícios na presença de um profissional.

Ainda assim, muitas pessoas são realmente capazes de controlar o seus ataques de pânico sozinhos sem o uso desse tipo de sistema. Se você está confiante em sua capacidade de se comprometer com ele, pode valer a pena tentar.

Exercícios

Exercícios físicos não pode soar como um remédio caseiro para ataques de pânico, mas é. Embora algumas pessoas experimentam ansiedade e pânico em resultado de exercícios, os outras vão achar que o próprio exercício é exatamente o que precisava para controlar permanentemente os seus sintomas de ansiedade.

O exercício tem vários benefícios que são cruciais para a ansiedade:

  • Ele reduzo excesso de energia muscular
  • Ela libera endorfinas que acalmam a mente e o corpo.
  • Ela promove um sono melhor.
  • Além disso, melhora a regulação hormonal e pode queimar os hormônios do estresse.
  • Ele ajuda a melhorar a sua respiração.

Estas são todas as estratégias muito importantes para o controle da ansiedade, e há alguma evidência de que uma das principais causas de ataques de pânico e ansiedade é a falta de exercício, indicando que este pode ser mais importante do que muitas pessoas imaginam.

Seus primeiros passos para superar a ansiedade e pânico estão aqui.

Pergunte a si mesmo se você se exercita diariamente. Se você não fizer isso, considere uma caminhada, corrida, treinamento funcional, pilates ou musculação.

Outros Remédios Para A Cura Da Síndrome Do Pânico Em Casa

As estratégias acima são apenas o começo. Você também vai precisar fazer muitas mudanças na sua vida, como evitar coisas que causam os ataque de pânico.

Um exemplo é a forma como você vai se adaptar a viver com o transtorno do pânico. Lembre-se, o medo de ataques de pânico aumenta a gravidade dos ataques de pânico, o que significa que, por vezes, a melhor maneira de tratá-los é enfrentar o seu medo.

Se você achar que tem ataques de pânico quando você vai ao shopping, por exemplo, então você precisa continuar a ir ao shopping para que seus ataques de pânico não tomem conta das suas emoções.

Você também vai precisar tentar reduzir o estresse em sua volta. Você vai precisar para passar mais tempo com amigos e familiares, fazendo atividades divertidas para que você não fique tão focado no presente, e você precisa aprender se distrair quando você sentir um ataque de pânico chegando. Estas são todas as partes importantes do tratamento.

Como Curar Ataques de Pânico

Parar os ataques de pânico para sempre exige uma grande dose de compromisso e escolhas inteligentes. Trata-se de aprender mais sobre a sua ansiedade, e isso envolve a obtenção de uma melhor compreensão do que você pode fazer para reduzir permanentemente tanto ansiedade e pânico para sempre.

22 comentários… add one

  • Tive ataque de pânico após um assalto já tem 8 meses q convivo c isso

  • Bom dia.
    Tenho uma união estável a quase 7 anos e hoje tem muita vontade de ter um filho, porém meu companheiro tem crises de sindrome do pânico/ansiedades. Então ele tem muito medo de ser pai. Só em falar ele fica logo muito ansioso.
    Gostaria muito que alguém pudesse me ajudar se devo ou não engravidar, até porque já tenho quase 40 anos.

  • eu sofro desse mal a mais de 2 anos e todo tempo penso que vou morrer, sinto dores no peito,falta de ar as vezes acho que vou desmaiar, o desanimo e tao grande e sem contar esse no na garganta, juro que muitas vezes acho que to e louca, tento me controlar respiro fundo e leio a biblia consigo me acalmar por algumas horas mais depois volta tudo de novo.NAO quero ficar dependendo de remedios mais acho que vai ser o jeito, tbm infelizmente nao faco nenhuma atividade.

  • Ola, faz uns 11 meses que sinto esses pânico ! Único coisa que passa na cabeça e que vou morrer ,que vou cair duro qualquer hora…N consigo parar de pensar nos ataques.. e uma coisa inexplicável ,acordo várias vezes de madrugada,com medo ,coração acelerado,sensacao de morte eminente! Tenho 24 anos,e nao prático nenhum exercício físico ! Muito boa as dicas !

  • Bom tenho 28 anos tenho sindrome do pânico a 8 anos tenho sensação de está sendo perseguido e alguem quer me matar pois trabalho todo santo dia é uma luta tenho familia filhos preciso muito de ajuda por favor

  • Bom, meus sintomas sāo horriveis.
    Sinto um nò na garganta, e uma sensaçāo de garaganta seca, e com isso fico engolindo varias vezes minha saliva para aliviar meu desconforto.
    Fora isso fico muito assustada, com medo de morrer a qualquer momento.
    Enfim, somente quem tem é que sabe. Nao accredito em remedios caseiros, ou controle. Nao tem milagre, a saída é tomar um antidepressivo, foi isso que melhorou minha qualidade de vida.

  • Bem pessoal, estamos no mesmo barco alguns começando outros já a mais tempo mas uma coisa é certa não podemos conformar com a situação e achar que não tem mais jeito. Para tudo há uma saída e nesses casos para os que acreditam em Deus , ir á igreja, participar de momentos com Deus, falo de oração e leitura da Bíblia, sabe, traz um alívio enorme, quem sabe dependendo da sua fé até a cura de vez pois Jesus disse: “VINDE A MIM TODOS QUE ESTAIS CANSADOS E OPRIMIDOS E EU VOS ALIVIAREI”.A síndrome do pânico nada mais do que uma opressão, como se fosse uma cadeia em que precisamos sair e não sabemos como.Experimente JESUS!

  • Eu tive a síndrome há dez anos atrás. Tratei com medicação por 2 anos e meio e fiquei boa. Sempre fui meio ansiosa mas nunca mais tive as crises. Porém há 2 meses tive um aborto de 12 semanas e td voltou. Não gostaria de voltar tomar remédios mas acho que não tem outro jeito. Tento relaxar, respirar fundo, ler ou assistir um filme me ajuda muito, mas o pior é qdo vou dormir que td começa. Mas em nome de Jesus vamos vencer! Nenhuma provação pode ser maior que meu Deus.

  • tive síndrome do pânico há 10 anos e foram crises horríveis de ir para o hospital com mt falta de ar dores no peito nó na garganta tontura foi terrível e já estava mt deprimida optei por não usar medicamentos e procurei uma psicóloga meu tratamento com ela durou 2 anos nesse meio fui para academia fiz curso de dança de canto caminhadas e com menos de um ano voltei ao normal sem tomar nenhum remédio somente chá de cidreira e camomila e mt oração. todos achavam que eu estava ficando louca pq saia correndo dos locais abafados mas com a ajuda de pessoas maravilhosas eu me curei

  • tenho sindrome do panico a dois anos sinto tudo que ja falafaram ai gartanta falta de ar medo de morrer quando da crise eu acho que vou enlouquecer porem eu nao consigo gritar so me calar e tentar respirar achando que vou ter um atacaque do coraçao se alguem puder me ajudar eu agradeço pois estou rezando muito fazendo caminhada diariamente e tambem fui diagnosticado com depresao oque agrava mais ainda meu caso

  • Ola me chamo Everton tenho 21 anos, eu tenho panico de onibus, e de coisas que andam alturas e coisas do genero, me sinto uma pessoa com problemas mentais, eu tenho medo do proprio planeta terra, medo do nosso planeta cair ou só dele estar flutuando sem nada segurando, preciso de ajuda pq eu vivo no que tenho panico.

  • A pior coisa gue podemos sentir e uma crise de pânico só quem tem sabe. Passei dois anos sem tomar rivoltril so sertralina. Ontem de madrugada mim acordei com crise pensei que ia morrer infarto gueimava meu peito coração sei lá sei gue medo de morrer iminente tremendo soando respiração fraca. Mim ajude nao sei mas o gue fazer tenho 54anos adoro viver.

  • Tenho a sindrome do panico faz alguns anos hoje estou com 29 anos tomo remédio mas o remédio nao cura so alivia o panico sinto tido isso que foi falado tenho tonturas é uma coisa horrível parece que vou morrer isso deixa agente louco nao aguento mais isso pesso que me ajudem.

  • Eu acho q sofro de pânico. As vezes acordo como termo no corpo acho q vou morrer

  • Rosangela, eu faço tratamento de síndrome do pânico ha 15 anos, mas é claro, sofro dessa doença há muito mais tempo e ainda tenho crises até hoje, mas ainda tenho esperança de um dia me libertar dessa síndrome, pois os sintomas são no na garganta boca seca falta de ar mãos e pés transpirando tremores no corpo principalmente nas pernas medo de morrer muita mas muita falta de ar sensação de impotência total coração acelerado calafrio no estômago insegurança total, sentimento de incapaz o tempo todo é horrível, só sabe mesmo quem sente e pra piorar a situação só fui consegui amenizar os sintomas quando procurei um médico particular pago 450 reais de consulta e mais 350 medicação pois quando procurava ajuda pública não tinha melhoras nunca um médico soube a amenizar os sintomas, não trabalho fora e nao gosto de depender só do marido mas por outro lado por causa principalmente da falta de ar me sinto incapaz de conseguir um trabalho, já me imagino tendo uma crise de falta de ar em um trabalho, é terrível a sensação

  • faz ums 4 anos que comecei a ter síndrome do pânico, é horrível os sintomas. Primeiro começa uma falta de ar e o coração dispara, ai minhas mãos e braços começam a suar e sinto o pulsar do coração no pescoço. Tenho a sensação de que vou desmaiar e vontade de sair correndo pedindo ajuda. Hoje mesmo tive uma crise logo depois do meio dia. Eu estava assistindo um filme e de repente comecei a sentir um pouco de ansiedade e de repente já comecei a sentir medo e o coração disparou, ai desci as escadas de casa já apavorado e fui tomar um pouco de agua mas os sintomas continuaram por uns 5 minutos e depois deu uma aliviada. Quando me sentei na cadeira a ansiedade começou de novo e as crises voltaram por mais uns 5 minutos. Depois disso fiquei o resto do dia afadigado. Não é sempre que tenho essas crises mas, quando me ataca não é fácil.

  • Tenho 45 anos

  • Tenho crises tambem o que mais sinto é dor no peito quaze o dia todo ja faz uns 4 anos que tenho mais eu creio no senhor que tudo vai mudar em nome de jesus

  • Gente tenta terapia floral tem me ajudado muito.

  • olá pessoal tive traumas de infancià mas superei, depois de ganhar meu bebê fiquei com a síndrome do pânico optei por não tomar nenhum remédio tudo que foi descrito por vocêsua acima eu também sinto mas uma criei uma técnica que está me ajudando a controlar tudo isso…. mudei minha alimentação para mais saldavel e que inibe a ansiedade ,quando vejo que vai ter os disparos eu tomo água respiro lentamente penso na nas coisas mais importantes como meu filho e o mais principal eu não estou mais ligando se estou com falta de ar durante aquele momento ou o coração está acelerado penso que está tudo normal e aí some rapidamente todos os sintomas…. que estão diminuindo cada vez mais

  • Há e o melhor remédio e chá de erva cidreira ou capim Santo pode tomar que ele é ótimo

  • Há 30 anos tenho síndrome do pânico. Já tomei diversos medicamentos e parei, agora sinto que as crises estão voltando com frequência e vou ter que tomar medicamentos de novo. O ruim é que não existe cura, apenas controle da doença.

Leave a Comment