Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

A Ligação Entre Depressão, Ansiedade E Síndrome Do Pânico

ansiedade depressao

Embora a depressão seja muitas vezes considerada como um estado de “baixa energia”, o oposto geralmente é verdadeiro também.

No fundo, a depressão é geralmente acompanhada de muita ansiedade. Isso pode levá-lo a ter ataques de pânico, assim como o estresse e ansiedade.

Uma recente pesquisa da universidade de Delaware, EUA, deixou claro a relação entre ansiedade, síndrome do pânico e depressão pela primeira vez.

Embora tenha sido notado há algum tempo que as pessoas com depressão também sofrem frequentemente com perturbações de ansiedade, o mecanismo de ligação exato não é conhecido.

Agora, nós sabemos exatamente o processo envolvido no cérebro.

Resumidamente, quando a ansiedade faz você ruminar (pensar de uma maneira que faz com que você se sentir ansioso), você gera a necessidade de sonhar durante o sono REM.

Isso é conhecido desde a década de 1960: As pessoas deprimidas sonham até 3 vezes mais do que as pessoas não-deprimidas.

Isto consequentemente leva à exaustão ao acordar, um problema relatado com frequência por pessoas deprimidas. Conforme seu sistema hormonal e cérebro se recuperam durante o dia, você começa a se sentir melhor.

É claro que, altos ataques de ansiedade ou pânico em si pode ser uma coisa deprimente. Qualquer falta de controle dentro de nossas vidas podem contribuir para a depressão.

Revelado como acabar c/ a ansiedade e pânico hoje mesmo com estas estratégias simples…

Você pode gostar de fazer este curso grátis para se livrar da síndrome do pânico para entender como você pode obter o controle sobre os ataques de pânico:

Um de nossos leitores perguntou:

“Síndrome do pânico causa depressão? Meu médico quer que eu tome antidepressivos para lidar com a depressão e ataques de pânico, que acontecem algumas vezes por semana”.

Resposta:

A síndrome do pânico é o aparecimento súbito de ansiedade severa associada a uma série de sintomas físicos. Os sintomas mais comuns associados são suor, falta de ar, coração batendo, tonturas e dor no peito.

Eles são muito assustadores, e, se você estiver enfrentando ataques de pânico, você pode acabar na sala de emergência, porque você pode achar que está tendo um ataque cardíaco ou alguma outra emergência médica.

Estes ataques são mais comuns quando alguém está deprimido e depressão é comum entre pessoas com ataques de pânico, mas mais frequentemente ocorrem na ausência da depressão.

Estes ataques são muito preocupantes. Há uma alta incidência de abuso de álcool entre as pessoas que sofrem de ataques de pânico e ataques de pânico são um fator de risco para o suicídio. À medida que sua síndrome do pânico aumenta, você pode se ver isolando-se em casa cada vez mais.

Isso ocorre porque você vai reflexivamente evitar lugares que fizeram você ter um ataque de pânico, e porque você pode se sentir constrangido ou mais ansioso quando você tiver ataques de pânico em público. Isto pode levar a agorafobia, um medo de espaços abertos, e esse medo pode ser bastante incapacitante.

O seu médico está no caminho certo com a recomendação de antidepressivos, mas isso só deve ser parte do tratamento, e eles não são necessários. O primeiro passo para o tratamento é a educação.

Você deve aprender que esses ataques não são fatais e cada ataque vai embora por conta própria, geralmente dentro de 10-30 minutos.

É útil para a maioria das pessoas aprender técnicas de relaxamento para ajudar a diminuir a resposta emocional a esses episódios. Um terapeuta especializado no tratamento da síndrome do pânico pode lhe ensinar o que você precisa saber.

Isso ajudará a distraí-lo dos sintomas assustadores e, talvez, vai ajudar a diminuir os sintomas. Os ataques de pânico geralmente é precedido por algo estressante.

Terapia cognitiva pode ser útil na identificação e gestão do estressor e em diminuir comportamentos de fuga que podem levar a agorafobia.

Você pode achar útil se reunir com outros que sofrem de síndrome do pânico para compartilhar experiências. Há mais de 6 milhões de pessoas neste país com síndrome do pânico e eles são mais comuns entre as mulheres do que homens.

Os antidepressivos são muito úteis no tratamento da síndrome do pânico, na verdade, eles são mais eficazes no tratamento da síndrome do pânico do que no tratamento da depressão.

O fato de que antidepressivos são eficazes no tratamento de ataques de pânico, no entanto, não significa que é porque você tem depressão.

Estes medicamentos são muito úteis no tratamento da síndrome do pânico independentemente de você ter ou não depressão.

Uma especialista respondeu:

Depressão e ansiedade são dois diagnósticos diferentes, mas se uma pessoa tem depressão, síndrome do pânico e ansiedade também não é incomum.

Existem medicamentos para cada diagnóstico e alguns cobrem ambos. Estas drogas geralmente causa efeitos colaterais para muitos.

Existem alternativas naturais para tentar antes de ir direto para remédios prescritos e uma forma importante de ajudar é aprender a terapia cognitiva, o que significa o desenvolvimento de uma caixa de ferramentas para usar quando sentir ansiedade ou depressão, para ajudar a prevenir e/ou reduzir.

Desenvolver essa caixa de ferramentas pode até eliminar a necessidade de medicamentos ou, pelo menos, reduzir a necessidade. Encontre um terapeuta que faz terapia cognitiva, leia sobre isso em livros e em sites.

Você aprende o que causa sua síndrome do pânico e depressão, e como evitar ou lidar com um ataque de pânico ou uma fase depressiva.

Produtos naturais que você pode experimentar são: Melatonina à noite para dormir, uma substância natural que produzimos menos à medida que envelhecemos.

Um multivitamínico de uma boa qualidade de vitamina do complexo B todos os dias.

Omega 3 (óleo de peixe ou óleo de linhaça) de 2400mg duas vezes por dia vai ajudar n a depressão.

5-HTP aumenta diariamente os níveis de serotonina do seu cérebro. Você pode começar com a de 50mg e ver como ela funciona na sua síndrome do pânico.

Você não pode tomar o 5-HTP sem prescrição para antidepressivos.

Aumente a vitamina C para 2000mg por dia também.

Quais são seus sintomas?

22 comentários… add one

  • Eu fui ao médico e ja faz 1 mes , depois da perda da minha irmã e separação , comecei a ter preocupraçoes , ansiedade forte , dpois passei por uma fase triste depressiva , por esses momentos sinto que pode ser ataque de panico : pensamentos negativos castrastoficos , medo de enlouquecer perde o controle , batimento rapido , dor atras da cabeça , fraqueza nas pernas , suor , calafrios , pulsamento alto , dor na barriga de vez em quando , e isso acontece todos os dias e ela dura muito praticamente quando acordo ja começa e fica quais o dia todo , so quando faço esporte , que diminui , e medico me recomendou fluoxetina faz 1 semanas que estou tomando esse remedio , so que ainda não vi efeito , sera que isso que falei acima e um ataque de panico ? Obg …

  • A pouco tempo comecei a ter crises de panico e não conseguia entender o porque, neste período comecei a me isolar e achar que ia morrer a qualquer momento. falta de ar, sudorese, aumento da pressão e taquicardia eram constantes em mim, durante um período acreditei ter algo errado com meus pulmões e isto estava atrapalhando minha respiração, fiz exames e gastei muito com médicos especialistas em pulmão pra todos me darem o mesmo diagnostico, VOCÊ NÃO TEM NADA, apos uma crise forte com uma taquicardia acreditei que tinha algo em meu coração devido a suplementos alimentares que tomei por longa data e novamente fui aos médicos e gastei mais dinheiro e a conclusão foi NADA pra não falar que não acharam nada, durante um ultrassom da parede abdominal acharam uma hernia e gordura no figado.
    Parecia que estava tudo bem mas não estava as crises aconteciam até que um dia resolvi sentar e pensar o que poderia ter acontecido, e conversando com amigos que já tiveram estes sintomas e procurando na internet chegamos a crise de panico, mas veio a duvida EU NUNCA TIVE NENHUM PROBLEMA o que aconteceu, a hipótese minha é que quando fiz um acompanhamento com uma endócrino ela me receitou alguns medicamentos que nao conhecia e nem me interessei em buscar e a partir do momento que cortei os medicamentos eu comecei a ter as crises, logo relacionei eles e fui buscar na internet o primeiro era Daforin conhecido como Cloridrato de Fluoxetina tomava a quantidade de 60mg durante a manhã juntamente com Wellbutrin ou Bupropiona acredito que ao parar o uso dos medicamentos alguma coisa pode ter ocorrido no organismo pois foram quase 3 meses de uso continuo e durante o período que parei fiz o teste e quando as crises se tornavam frequentes o simples fato de ter o medicamento perto me fazia melhorar. hoje eu me controlo faço meditação e a pratica de atividade física pra mim esta sendo fundamental. é isso e este site me ajudou muito me tirou muitas duvidas e de um buraco que eu estava entrando é isso ai valeu

  • Wesley Gutemberg tive exatamente o que vc teve, estou fazendo tratamento ha 11 anos. Gostaria de falar mais com vc sobre isso.

  • e qual tratamento você está fazendo? sinto as mesmas coisas, incluindo formigamentos que revezam com uma sensação de queimação e calafrios

  • Minha primeira crise de pânico, ontem a tarde dentro do ônibus foi uma das piores sensações que tive. Confesso que estou com medo Do que tem acontecido comigo. Estou no limite, sem forças, sem vontade. Quero viver mas tenho pensado na morte ou desejo nunca ter existido. Minha vida é um fardo, sempre pensei ser forte corajosa. Mas se eu fosse mesmo não estaria sofrendo tanto. Isso me assusta, tristeza, desânimo, irritabilidade, pensamentos ruins, DEPRESSÃO. Mas é agora mais um problema?! Pânico??? Me pergunto pq eu? Problemas todos temos mas pq eu sinto como se o mundo conspirasse contra mim? Pq sinto como se tudo para mim é impossível? Estou muito assutada.
    Ontem Senti enjoos, Tremores, Tontura, minhas mãos formigaram e começaram a enrijecer, Fiquei pálida e suava muito com calor e calafrios, Senti como se eu fosse infartar, Eu estava no transporte público e por minha sorte estava perto do hospital Municipal onde o motorista me levou. Não durou muito. Mas foi o suficiente pra me abalar e olhar pra mim com a resposta. EU ESTOU DOENTE.
    Alguém aki sofre de pânico?! Minha solidariedade aos amigos que lutam dia após dia pra se manter de pé!

  • Eu estou sentindo muito esses sintomas q vcs estão escrevendo acima por favor alguém q queira conversar comigo sobre isso? Estou em busca de ajuda e estou lutando contra isso, isso começou acontecer depois de 3 anos da perda da minha irmã penso q vou morrer e fico desesperada com os sintomas q tenho ,tenho medo de deixa minhas filhas peço ajuda.

  • Será que alguém já se curou dê ataques dê pânico? Estou nesta luta, a medicação melhora mas quando deixo volta tudo ao mesmo…

  • eu me curei com muita fé em cristo pois estes sintomas sao de obras malignas ,faço tratamento so para me manter bem ,exercicio fisico também ajuda muito e boa alimentaçao com fibras.

  • sinto tudo isso e muito mais que vcs ,fiz tratamento 5 anos e parei …agora sinto que piorei

  • Gente…eu tenho Transtorno do Panico ha 10 anos…ja tomei varios medicamentos mas no momento estou numa fase complicada da minha vida e nao estou nada bem…eu entendo vcs…sinto tudo isso q vcs sentem…as vezes penso q é o fim…jamais pensei em tirar minha vida,mas tenho muita vontade d morrer…as vezes em minhas oraçoes peço a Deus p q ele me leve deste mundo pq nao aguento mais…me sinto sozinha e sinto q ninguem pode me ajudar…me perdoem pelo desabafo,estou falando tudo isso pq sei q vcs me entendem…tbm quero ajudar vcs,entao se alguem quiser conversar e desabafar pode me chamar no messenger Bina Rodrigues…abraço a todos e muita força………

  • Meus sintomas é que vem na mente algo e rapidamente no coração, se vejo algo preso em algum lugar, um parafuso ou outra coisa que nao pode sair do lugar, é como se fosse eu que estivesse preso ali. A aflição é insuportável.

  • Estou tendo esses sintomas há duas semanas, as vezes me dá um medo e um desespero mas logo passa, eu não sei o que está acontecendo peço muito a Deus pra melhorar
    Gostaria se alguém pode se conversar sobre essa experiencia até o momento não estou tomando remédio só selkalm que é pra ansiedade

  • SOCORRO. Precision DE ajuda tenho crises tođos os dias Eu sou Ana Lucia da Silva cruz

  • eu tenho este problema começou em 2001 japaçaran – se 16 anos

  • Eu tambem me sinto assim como todo mundo falou acima o pior de tudo e quando vc ta sozinha e ninguem para te ajudar porque todo mundo pensa que é coisa da sua cabeça comecei ontem com o tratamento hoje me acordei triste com vontade de chorar e medo tem horas que da vontade de parar porque não tenho mas vontade de viver é triste viver assim minhas forças tao acabando só Deus na minha vida porque nao é facil vcs que ja passaram porisso me entende né

  • tenho síndrome do pânico tb tenho diabetes e pressão alta. Estou sofrendo muito com todos esse sintoma penso que vou morrer ou enloquecer dor muito minha cabeça alguém me ajuda por favor

  • Olá eu estou sentindo todos esses sintomas tenho crises de pânico ansiedade e geralmente mente minha pressão fica alta alguém pode me ajudar com isso ?

  • Olá eu estou sentindo todos esses sintomas tenho crises de pânico ansiedade e geralmente mente minha pressão fica alta alguém pode me ajudar com isso ?

  • Eu sempre tive ataques de medo; tudo que tinha ‘cabeça’ no meio, me fazia enlouquecer .. Até hj é assim; Estou quase no meu limite; Meu irmão viu um video, em que uma moça cai e o onibus passa sobre a cabeça dela. Eu não vi o video, mas ouvi eles conversando na sala (eu estava no quarto) Eu guardei isso na memória, e quando foi a quase um mês atrás, tive uma grise, até agora estou apavorada. Penso que irei morrer do mesmo modo que a mulher a qualquer momento. Eu começo a chorar, e meu coração começa a acelerar, sinto falta de ar e um medo tão grande que me sufoca. Acordo todos os dias apavorada, com medo de rodas e de de ônibus. Eu não saio de casa a anos, mas agora piorou. Fico pensando se me matar não fosse a solução. Me sinto uma louca. Tenho medo, e não sei como controlar isso. Pra priorar, toda vez que ligo a tv, tá passando sobre onibus, desenhos passam sobre rodas, cabeças …. estou apavorada.

  • Eu

  • Bom dia sou jailma tenho ataque de panico da 70 meses nao aguento mais acorda com coracao battendo tao forte

  • Eu sou jailma tenho o mesmo poblema que vcs eu começei a sentir ataque de panico da 7 meses quando perdi minha vò no brasil pq moro na Europa e começei a fica deseperada depos de um meis eu perdir meu vizinho de infarto Ele era Como um pai p mim depos de 1 ano eu descubri que minha filha tem autismo com tudo isso me veio esse ataque de panico o coracao parece que vai sai para fora as veses eu sinto Ele bate tao forte que pareçe que è uma cobra mechendo dentro do peito ‘ eu fiz todos exame e deu nada quando me vem essas crise me da vontade de i no banheiro tremedeira começo a mim agarra nas pessoas ai os medico aqui me passou um calmante me sinto muito melhor ja tenho um 15 dias que nao sinto isso vou deixa o nome si alguns de vcs precisa (tanquirit) e comer muita insalata de valeriana faz muito bem pq è calmante um grande abraços

Leave a Comment