Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

5 Dicas Para Superar A Síndrome Do Pânico Ao Dirigir

Ansiedade Ao Dirigir

Dirigir um carro é considerado uma parte normal da vida de um adulto. Mas dirigir pode ser bastante estressante para muitos.

A maioria das pessoas ficam tensas na direção, durante todo o caminho, especialmente em rodovias. Porém, a tensão se torna algo tão natural que as pessoas nem se dão conta de que não deveriam se sentir assim.

Agora junte essa tensão com o sentimento natural de incapacidade de escapar se algo der errado, que muitas vezes causam uma reação explosiva chamada síndrome do pânico de dirigir.

O Medo De Dirigir É Normal

O seu medo básico de dirigir não é um problema muito sério. De fato, um pouco de ansiedade pode até ser saudável. Essa ansiedade deverá manter você alerta e focado no que está acontecendo em sua volta, melhorando sua habilidade como motorista.

Porém, a síndrome do pânico de dirigir pode ser aterrorizante. Os sintomas da síndrome do pânico podem sobrecarregar os sentidos e de fato dificultar a direção.

Porque Ataques De Pânico São Comuns Dentro Do Carro

A síndrome do pânico de dirigir é muito comum. Você deve saber que mesmo sendo assustadores, os ataques de pânico enquanto você dirige não são perigosos e não vão fazer você perder o controle da direção.

Revelado como acabar c/ o pânico ao dirigir hoje mesmo com estas estratégias simples…

Se você ficar preocupado demais, pare o carro no acostamento até o pânico passar, usando as estratégias de superação ensinadas abaixo ou em outros artigos do site.

Existem diferentes fatores que contribuem para a síndrome do pânico de dirigir. Os principais fatores são:

  • Estresse generalizado. Os ataques de pânico são mais comuns quando você está com muito estresse, e como mencionado acima, ter um certo estresse enquanto você dirige é completamente natural.Há muitos perigos na estrada, como acidentes, motoristas muitos desatentos, bêbados, falta de sinalização, buracos na pista… E sua habilidade na direção é o que te mantém seguro, e parte da sua habilidade de dirigir vem da capacidade de se manter em estado de alerta (estresse).
  • Ficar pensando na síndrome do pânico. Uma das principais causas da síndrome do pânico é ficar pensando nos próprios ataques de pânico. É muito comum ficar pensando no pânico e ter medo de um ataque quando você estiver dirigindo, e esse medo na verdade aumenta a probabilidade de ter um ataque.
  • Hiperventilação. Muitas coisas podem fazer você hiperventilar enquanto estiver dirigindo. A posição que você está sentado, seu medo e até o seu cinto de segurança pode contribuir para hiperventilação leve ou moderada. Para quem sofre com ataques de ansiedade, a hiperventilação é tanto uma causa quanto um sintoma da síndrome do pânico, portanto se você hiperventilar por qualquer razão enquanto dirige, provavelmente terá um ataque de pânico.
  • Dores gerais ao sentar. Dirigir também causa um número de dores e sensações que podem disparar um ataque de pânico.Quem sofre de síndrome do pânico tem mais sensibilidade com as reações do corpo. Se você sentir qualquer dor leve, um aumento nos batimentos cardíacos, fraqueza na perna ou qualquer outra coisa que frequentemente afeta quem está sentado no carro, isso pode causar um ataque de pânico.
  • A síndrome do pânico e o perigo. Síndrome do pânico também está associada a várias atividades, especialmente atividades que causam qualquer estresse ou ansiedade.Se você tiver um ataque de pânico no carro por razões que nada tem a ver com o ato de dirigir, você pode aumentar a probabilidade de ter um novo ataque porque seu cérebro agora associa o carro com o pânico. VVocê também desenvolverá mais medo no futuro quando tentar parar de dirigir durante um ataque de pânico, fazendo seu carro se tornar um lugar ainda menos confortável.

Esse último fator é frequentemente um grande problema para quem sofre de síndrome do pânico.

Assim que você tiver um ataque no carro, mesmo que este não esteja relacionado com o fato de você estar dentro de um carro, na sua mente esse ataque de pânico ficará associado com a ansiedade de dirigir, e os ataques ficarão muito mais frequentes no futuro.

Como Controlar A Síndrome Do Pânico Enquanto Dirige

A síndrome do pânico de dirigir é obviamente algo muito difícil de lidar. Você dirige todo dia, usa o carro para ir em qualquer lugar, e se você também tem que lidar com ataques intensos de pânico, você vai ficar sempre extremamente assustado quando estiver na estrada.

O segredo para prevenir estes ataques no carro é aprender a prevenir qualquer ataque de pânico.

É praticamente impossível ficar curado da síndrome do pânico de um lugar só, já que os ataques de pânico podem ocorrer em qualquer lugar, e toda vez que você tem um ataque de pânico, você aumenta o risco de associar o ataque ao lugar.

Seja um caso de superação e livre-se hoje mesmo da ansiedade e pânico ao dirigir com estas estratégias simples…

Você pode tentar estas estratégias:

  • Dirigir com distrações. Sempre coloque algo para ouvir, assim você “sai da sua própria cabeça”. A música pode ajudar, mas é melhor ouvir alguma conversa ou entrevista no rádio, que exige mais da sua atenção. Isso ajuda você parar de se concentrar no pânico e como você está se sentindo.
  • Dirigir mesmo assim. Dependendo da intensidade dos seus ataques, você pode tentar dirigir mesmo com pânico. Algumas pessoas que sentem tontura durante seus ataques de pânico podem encontrar dificuldade para dirigir, mas aqueles que ainda conseguem dirigir deveriam considerar enfrentar seus medos e dirigir de qualquer jeito.Quanto mais você tem medo de dirigir por causa da síndrome do pânico e quanto mais você evitar entrar no carro, maior a probabilidade de ter um ataque de pânico na próxima vez que você for dirigir.
  • Dirija com segurança. Todo estresse é ruim quando você sofre de síndrome do pânico, portanto não contribua com qualquer coisa que possa causar ansiedade.Dirigia dentro do limite de velocidade, assuma pouquíssimos ou nenhum risco, use um GPS para não ter medo de se perder e não tente driblar o tráfego.Todos esses comportamentos aumentam o estresse, e o estresse aumenta o risco de você ter um ataque de pânico.
  • Respire controladamente. Enquanto estiver dirigindo, a tendência de respirar rápido demais aumenta. Quando você sentir que está prestes a ter um ataque de pânico, não tente puxar o máximo de ar que você conseguir.Em vez disso, tente lutar contra o impulso de respirar rápido e simplesmente respire lentamente, com cada respiração durando até 15 segundos ou mais. Você deve inspirar por 5 segundos, segurar por dois ou três, e expirar por 7 segundos. Isso evita a hiperventilação e melhora os níveis de dióxido de carbono na corrente sanguínea.
  • Tente dirigir por longos períodos. Finalmente, pode não parecer agradável, mas às vezes a melhor estratégia para curar sua síndrome do pânico de dirigir é dirigir até cansar.Faça uma viagem longa. Você pode ter um ataque de pânico, mas se você continuar dirigindo, você passará a se preocupar menos com sua síndrome do pânico.Veja se você consegue dirigir da capital para o interior e vice-versa, dirigindo bem abaixo do limite de velocidade. Normalmente, a monotonia fará você se sentir mais calmo(a).

Nenhuma dessas estratégias são uma cura absoluta, mas vão ajudar a diminuir a frequência e intensidade dos ataques de pânico enquanto você dirige.

Essas técnicas não vão proteger você de qualquer tipo de ataque de ansiedade ou de pânico, mas com certeza ficará mais fácil para você dirigir depois de praticá-las.

Uma grande quantidade de pessoas têm medo e pânico de dirigir, e não há nada mais gratificante do que o entusiasmo quando essas pessoas se dão conta de que perderam o medo e ansiedade de dirigir para sempre.

Portanto pratique essas técnicas e insista na luta porque é perfeitamente possível se tratar por completo e conseguir dirigir como todo mundo para sempre.

O que é que causa mais ansiedade, medo e pânico quando você está dirigindo?

4 comentários… add one

  • Olá, muito bom o artigo, voce é psicólogo, terapeuta? Eu sofro de panico para dirigir, e diria até medo do próprio carro. Eu comprei carro mas vendi em decorrencia do medo, agora estou em busca de ajuda para superar isso. Abs.

  • Artigo 2

  • Hoje consigo controla mais este sintomas mas ainda sofro um pouco no passado ainda jovem ,quando ia dança sentia as mãos suarem,tremer comedo de erra o passo,da dança quando ia ao clube,epoca românticas dança colado,eu tomava fogo paulista com menta ,pra entra no salão e fica mais relaxado levava cigarros pras meninas min pedirem e aí poder conversa,era tímido retraído,na infância sofri muito com meu pai ele era rígido,nao deichava sai de casa,quando sai foi de vez pra são Paulo
    Sofri muito com timides,hoje tenho sequelas de ansiedade ão dirigir fico tenso,sou nervoso começa fica tonto ,tenho pânico em pega uma rodovia,aqui em são Paulo dirijo bem,mais chega na rodovia em min amarelo,nao consigo relachar,tenho problemas de bruxismo exatamente acho que é por causa da tensão acumulada a anos,
    SOCORRO,PRECISO DE AJUDA NUNCA FUI UM HOMEM NORMAL,PRA DIRIGIR E AMO DIRIGIR,QUERIA PEGA AS RODOVIAS E IR PARA MINAS GERAIS MINHA CIDADE DE CURVELO MG,IR PRA SAO SEBASTIÃO PRAIAS ONDE MEU IRMÃOS MORAM,SOCORRO QUERO MUDA ISSO;

  • Qual o meme específico para tudo isso?
    Que enviei anteriormente em que quadro eu estou com relação a minha vida ?
    E também quando eu era pequeno eu era muito retraído ,muito calado,ficava mais dentro do quarto ,lembro que mamãe,la em minas gerais,falava sai vai no campo de futebol ,vai PACIAR,vai lá na festa,tinha muita timidez misturada com outras coisas,hoje sofro com pânico,ansiede,uma meia tontura,ão dirigir em rodovias,bruxismo,eu não vejo mais ranjo,tanto que acho que vou ter que fazer implante,esta no toco meus dentes,conferso sofri muito minha juventude,contudo isso,ão dançar colado suava as mãos,timides tudo mais,estas sequelas acompanhou minha vida,
    SO UMA COISA QUE TENHO ,SOU MUITO INTELIGENTE ACREDITO EU,POIS SOU DA ZONA RURAL DA CIDADE DE CURVELO,MAS VENCI MUITAS BATALHAS NESTA METROPOLE,LONGE DOS MEUS PAIS,SO NAO FIS UMA UNIVERSIDADE,MAS ESTOU APTO A FAZER,TENHO 55ANOS,CHEGUEI AQUI COM 14ANINHOS

Leave a Comment