Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

É Ansiedade Ou Doença Cardíaca? 5 Pistas Para Determinar

A maioria das pessoas vão passar pela experiência de ter um ataque de pânico ou ataque de ansiedade durante a vida, e esses dois transtornos têm sintomas que podem imitar doenças cardíacas, como fibrilação atrial, que é um ritmo cardíaco irregular.

Como Saber Se Os Sintomas São Ansiedade Ou Doença Cardíaca?

ansiedade-ataque-cardiaco

Os sintomas do pânico e da ansiedade são reações naturais para ajudar seu corpo a escapar do perigo. Seu cérebro aumenta seus batimentos cardíacos e aumenta a força de cada batida, o que é semelhante aos sintomas da fibrilação Atrial.

Se você está caminhando na selva e se depara com uma onça, a ansiedade que você sente vai ajudar você a fugir. Essa é uma reação normal. Porém, às vezes, sua mente e corpo pode sentir ansiedade que vem de fatores anormais.

Os sintomas da ansiedade e da síndrome do pânico pode prejudicar sua qualidade de vida. Ansiedade extrema pode vir da depressão e pode causar depressão.

Cerca de 11% das pessoas desenvolvem o transtorno da ansiedade generalizada durante a vida, que é definido como sintomas da ansiedade significantes por um período de cerca de seis meses.

O Que Esse Paciente Tem, Ansiedade Ou Doença Cardíaca?

O cardiologista Jared Bunch de Logan, Utah (EUA) relata o exemplo da paciente Maria, de 70 anos, que tinha um histórico de ansiedade e ataques de pânico por praticamente a vida inteira.

Ela parou de sair de casa com medo de ter outro ataque, mesmo depois de tentar se curar com múltiplos medicamentos para ansiedade sem sucesso.

No entanto, o médico Jared descobriu que cada episódio de ansiedade dela era causado por um rápido ritmo cardíaco. Isso foi facilmente corrigido por um procedimento simples chamado ablação. Descobrir a causa pode fazer uma solução simples virar poderosa.

Logo após a ablação, ela já foi ao casamento de um parente, livre de ansiedade. Essa foi a primeira vez que ela participou de um grande evento familiar em quase 40 anos.

Taquicardia Pode Causar Ansiedade

Ritmos cardíacos anormais de mais de 100 batidas por minuto que vem das câmaras superiores do coração são chamadas de taquicardia supraventriculares.

Isso pode ocorrer em corações saudáveis e em pessoas que já tiveram problemas no coração. Na maioria das pessoas, a taquicardia supraventricular são eventos aleatórios que não são disparados por exercício físico.

Os sintomas são palpitações no coração, desconforto no peito, falta de ar, e às vezes pode fazer você desmaiar. A mente reage e pode causar mais sintomas de ansiedade e pânico.

5 Pistas Que Indicam Ritmos Cardíacos Anormais

frquencia-cardiaca

Você enfrenta duas possibilidades:

Foi a ansiedade que causou os batimentos cardíacos acelerados?

Ou foram os batimentos cardíacos acelerados que causaram ansiedade?

Aqui vão as cinco pistas:

  1. Padrão de sintoma

Essa é a pista mais objetiva. Se a ansiedade faz seu coração acelerar, então algo está causando sentimentos estressantes que são seguidos por batimentos cardíacos acelerados.

Porém, se o seu coração está causando ansiedade, então as palpitações cardíacas ou coração acelerado vem primeiro e a ansiedade vem em seguida. Às vezes o coração acelerado causa tontura ou desconforto no peito, e a ansiedade aparece em seguida.

  1. Desmaio

Desmaiar já é motivo de certa preocupação. Transtornos da ansiedade e da síndrome do pânico raramente causam desmaio.

Você pode desmaiar quando estiver tirando sangue, mas se você não teve sinais de aviso antes de desmaiar, o risco de problemas cardíacos aumenta.

Muitas pessoas sentem tontura se levantarem rapidamente, mas as pessoas raramente desmaiam sentadas, de pé ou durante alguma atividade. Se você desmaiou enquanto estava se exercitando, é melhor consultar um cardiologista.

  1. Hiperventilação

Quando você está ansioso(a) ou em pânico, você pode hiperventilar. Isso causa dormência nas pontas dos dedos das duas mãos, e em volta da sua boca.

Geralmente, a ansiedade causa essa hiperventilação. No entanto, se você também sentir fraqueza ou sentir que está prestes a desmaiar, sua pressão pode estar caindo, indicando um ritmo cardíaco anormal.

Frequência cardíaca anormal geralmente é resultado de um disparador: batidas cardíacas extras nas câmaras superiores e inferiores do coração.

Todos nós experimentamos batidas extras às vezes. Parece que o coração pulou uma batida ou você sente uma batida forte, mas pessoas com frequências cardíacas anormais frequentemente sentem essas batidas extras e de repente o coração acelera abruptamente.

Em contraste, com ansiedade, a frequência cardíaca aumenta uniformemente sem pular batidas ou sem batidas extras.

  1. Coração enfraquecendo

Com ansiedade, o coração reage de maneira normal. Porém, com frequências cardíacas anormais como a fibrilação Atrial, quem está anormal é o coração… E se essa anormalidade não for tratada, isso pode enfraquecer o coração e levar a insuficiência cardíaca.

Isso pode causar edemas no estômago, pernas e pés. Você pode sentir dificuldade de respirar deitado e pode precisar usar mais travesseiros ou tomar remédio para conseguir dormir.

Frequência cardíaca elevada relacionada à ansiedade não faz seu coração enfraquecer com o tempo nem causa edema.

Monitore Seu Coração Para Detectar Ansiedade Ou Fibrilação Atrial.

smartphone-bpm

A melhor forma de verdadeiramente entender se é ansiedade que causa seu coração acelerado ou se é o coração acelerado que causa ansiedade, é monitorar seu coração.

Um monitor cardíaco grava sua frequência cardíaca dia e noite. Alguns registram automaticamente todos os ritmos cardíacos, outros só registram os ritmos cardíacos apenas quando você aperta um botão, geralmente quando sentir os sintomas cardíacos.

Quando você não tem sintomas, monitores cardíacos podem não fornecer as informações necessárias para o diagnóstico.

Nos últimos anos, cada vez mais pessoas estão usando seus smartphones para registrar as atividades do coração, mas cada aparelho tem limitações. O que é importante, porém, é sua tendência diária.

Sua frequência cardíaca varia no decorrer do dia. É uma diferença de algumas batidas por minuto, podendo chegar até 10 batidas por minuto, mesmo durante repouso ou sem estresse.

Durante atividades físicas, as variações podem ser mais pronunciadas e mudarem mais rapidamente, o que nos permite adaptar rapidamente à situações e desafios diferentes.

Quando você olha a tendência diária, você vai rapidamente descobrir seu normal. Esse normal terá os menores ritmos cardíacos à noite, e mudar durante o dia.

Como Detectar Padrões Anormais De Batimentos Cardíacos

Batimentos cardíacos anormais tem três padrões, e o primeiro é o mais fácil de adivinhar: você desenvolve uma elevação súbita nas batidas por minuto com ansiedade.

Seu monitor cardíaco vai mostrar uma aceleração abrupta nos batimentos cardíacos, e quando os sintomas pararem, o aparelho deverá voltar ao normal rapidamente.

Isso geralmente é detectado pelo disparo no gráfico por mais de 30 ou 40 bpm (batidas por minuto).

O segundo padrão depende de você conhecer sua frequência cardíaca normal. Nesse padrão, a frequência cardíaca fica exagerada em momento de descanso.

Por exemplo, se sua frequência cardíaca enquanto está dormindo à noite é de 40 a 60 bpm, mas em uma noite aparentemente normal ela pula para 70 a 90 bpm, você pode ter uma forma de taquicardia supraventricular chamada taquicardia atrial.

Na taquicardia atrial, as mudanças na sua frequência cardíaca são anormais para você, podem durar por mais tempo e podem ocorrer sem sintomas.

A frequência cardíaca na taquicardia atrial é geralmente acima de 20 a 30 bpm mais rápida que sua frequência cardíaca normal estaria para aquela mesma atividade.

O último padrão é um padrão cuja frequência cardíaca pode variar drasticamente entre as batidas. Isso é visto em pessoas com uma frequência cardíaca muito anormal, como a fibrilação atrial.

Em algumas pessoas, a frequência cardíaca é levemente elevada, enquanto em outras podem passar dos 100 bpm. O monitor cardíaco registra um padrão anormal e caótico, com balanços amplos entre as batidas. Esse mesmo padrão pode ser visto em pessoas com batidas extras bastante frequentes vindo das câmaras superiores e inferiores do coração.

Se você está usando seu smartphone para entender seu coração, primeiro procure entender o que é normal para você no decorrer de certa quantidade de dias ou semanas quando você não sente sintomas.

Quando você desenvolver os sintomas, compare os gráficos no smartphone com os que você coletou durante o período que se sentia normal. Esses relatórios vão ajudar você e seu médico a entender seu coração e determinar se sua frequência cardíaca está por trás dos seus sintomas da ansiedade ou se é a ansiedade que faz seu coração acelerar.

Se você está sentindo um ou mais dos 28 sintomas descritos neste artigo, marque uma consulta com seu médico, que pode descartar uma frequência cardíaca anormal.

2 comentários… add one

  • nossa tudo haver comigo tenho muita ansiedade em tudo meu coracao fica acelerado

  • Muito esclarecedor parabens!

Leave a Comment