Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

O Café Causa Ansiedade? A Resposta Vai Lhe Surpreender

A ansiedade é um problema sério.

A ansiedade é essencialmente estresse a longo prazo – e o estresse em excesso é prejudicial à mente e ao corpo.

O estresse provoca danos no DNA – literalmente, danos a todas e cada uma de suas células, e a ansiedade pode potencialmente colocá-lo em risco de câncer, falência de órgãos, perda de memória e muito mais.

A curto prazo, a ansiedade é prejudicial também.

Ansiedade persistente provoca fadiga e pensamento negativo que tira qualquer alegria da vida.

Também pode causar sintomas físicos como náuseas, indigestão e espasmos musculares que podem dificultar a permanência ativa.

Em geral, quando você passa por ansiedade regularmente, é algo que precisa ser tratado.

A única maneira de tratar é ter certeza de que você não está causando ansiedade voluntariamente, e um item comum que as pessoas alegam causar ansiedade é o café.

 O Café Está Causando Sua Ansiedade?

O café pode levar a uma sensação de nervosismo e aumento da frequência cardíaca.

Por si só, não cria ansiedade, mas se você já tem ansiedade, pode piorar os sintomas.

Faça nosso teste gratuito de ansiedade de 7 minutos para avaliar seus sintomas de ansiedade, compará-lo com outros e ver se existem maneiras de controlá-lo.

Comece o teste de ansiedade aqui.

As Causas Da Ansiedade E Dieta

Em geral, a ansiedade pode ter várias causas diferentes.

A educação certamente desempenha um papel, pois as interações comportamentais que você experimentou ao longo da vida podem contribuir para o estresse de longo prazo.

Sabemos que a genética pode levar à ansiedade, assim como doenças.

Dieta também pode levar à ansiedade.

Alguns alimentos podem realmente ajudar a combater a ansiedade, fornecendo-lhe nutrientes que atuam como sedativos e dão mais descanso ao seu corpo.

Outros alimentos podem exacerbar a ansiedade – seja causando a própria ansiedade ou contribuindo para os sintomas de ansiedade.

Nota: Se você ainda não o fez, eu recomendo fortemente que você faça o meu teste gratuito de ansiedade de 7 minutos para saber mais sobre seus sintomas e o que pode estar causando esses sintomas.

Pergunte à maioria dos especialistas em ansiedade, e eles lhe dirão que um alimento que contribui consistentemente para a ansiedade é o café.

No momento em que escrevo, a Pesquisa do Google para “Alimentos que causam ansiedade” e “Café” rende quase 425.000 resultados.

Esses especialistas recomendam que aqueles que experimentam ansiedade se abstenham de tomar café para controlar os sintomas de ansiedade.

A origem disso não é tão clara.

Quase parece que as pessoas assumem que o café causa ansiedade porque muitos acreditam que isso causa comportamentos nervosos.

Certamente o excesso de cafeína (maior do que o limite diário recomendado de 300mg de cafeína por dia) pode causar alguns problemas, como dores de estômago, tremores musculares e alguns dos outros problemas que as pessoas associam à cafeína.

Mas com moderação, a cafeína é bastante leve, e aqueles com tolerância muitas vezes experimentam poucos sintomas.

De fato, se olharmos para a pesquisa, é possível que a cafeína seja realmente boa para a ansiedade.

Veja também: O Que Fazer Para Parar A Tremedeira Causada Pela Ansiedade?

Potenciais Benefícios Do Café / Cafeína Na Ansiedade

É importante notar que estamos falando sobre aqueles com ansiedade generalizada ou ansiedade diária – não necessariamente aqueles com outros transtornos de ansiedade (mais sobre isso mais tarde).

Também estamos falando de uma a quatro xícaras de café ou chá por dia, sem ingredientes adicionados.

Muitas pessoas adicionam açúcares, cremes e outros ingredientes às suas bebidas com cafeína, e estes podem causar seus próprios problemas.

Estamos nos concentrando em menos de 300 miligramas de cafeína no café preto ou no chá verde.

Com esses parâmetros, há razões para acreditar que a cafeína não tem efeito negativo sobre a ansiedade e pode, na verdade, ser benéfica para aqueles que têm ansiedade generalizada leve a moderada.

Vários estudos examinaram a relação entre cafeína e ansiedade.

Eles descobriram que houve mudanças interessantes no corpo que ocorreram quando pessoas com ansiedade consumiram cafeína.

Por exemplo, aqueles com ansiedade podem não precisar de muita cafeína para experimentar os mesmos benefícios, mas a pesquisa também mostrou que a pontuação de ansiedade não era diferente entre aqueles que consumiam cafeína e os que não consumiam.

Poucos estudos parecem confirmar a teoria de que a cafeína tem um efeito negativo sobre a ansiedade.

O que vários estudos descobriram é o oposto – que a cafeína pode realmente ajudar aqueles com ansiedade, estresse e possivelmente até depressão leve.

Um estudo no Brasil descobriu que muitos daqueles com consumo moderado de cafeína experimentaram menos sintomas depressivos e menos falhas cognitivas, indicando que aqueles que consumiram cafeína realmente se sentiram melhor, não pior.

No mesmo estudo, apenas uma “dose alta e rara” de cafeína causou o que os autores do estudo chamam de “ansiedade” – um nível de cafeína que poucos consumidores habituais de café consomem.

Um resumo interessante dos possíveis benefícios do consumo de cafeína foi publicado pelo jornal New York Times.

Eles mostraram vários dos benefícios conhecidos da cafeína, incluindo:

 Um Efeito No Humor

Aqueles que consumiram cafeína tendem a ter uma “sensação melhorada de bem-estar”.

Parece que a própria cafeína tem a capacidade natural de, em termos leigos, “elevar o espírito”.

Estudos mostraram que a cafeína pode reduzir a depressão leve e acalmar a mente.

Muitas pessoas também se sentem melhor consigo mesmas, com um nível maior de felicidade que, em teoria, reduziria a ansiedade que elas experimentam.

 Energia Aumentada

Energia mental e física são uma parte importante de viver com ansiedade.

Embora a ansiedade possa ser descrita como energia reprimida, a realidade é que a ansiedade tende a causar fadiga e indiferença geral aos eventos da vida.

Exercitar, manter uma vida social ativa e completar tarefas requer energia e, para muitos, a cafeína fornece essa energia.

 Benefícios Cognitivos

Estudos também mostraram que a cafeína tem um efeito benéfico na memória e cognição.

A tomada de decisão inteligente e o conforto com a própria memória são ferramentas valiosas para lidar com as tensões da vida e, portanto, a cafeína poderia fornecer algum nível de apoio adicional para lidar com os problemas do dia a dia.

 Rotinas

As rotinas são um meio secundário que a cafeína proporciona um benefício.

Rotinas são uma forma natural de conforto.

Quanto mais você entrar em uma rotina, mais confortável você se sentirá consigo mesmo e ao seu redor.

Aqueles que tomam café regularmente começam a precisar dele como forma de evitar sintomas de abstinência (e simplesmente como uma bebida agradável para começar o dia).

Isso causa uma rotina, como uma cafeteria regular toda manhã, e essa rotina pode começar cada dia mais confortavelmente.

Há também outros benefícios potenciais, como beber café socialmente (que fornece apoio social – uma ferramenta importante para combater a ansiedade), os benefícios gerais de desfrutar de uma bebida não saudável e muito mais.

Cada um deles representa uma razão potencial para que a cafeína possa beneficiar aqueles que vivem com ansiedade.

No entanto, mesmo que não se acredite nesses benefícios, a realidade é que há pouquíssimas evidências, se é que existem, de que aqueles que vivem com ansiedade são afetados negativamente pela cafeína.

Veja também: Ansiedade — O Que É Ansiedade E Como Tratá-la

A Cafeína E Ataques De Pânico

Como mencionado anteriormente, existem outros problemas de ansiedade além da simples ansiedade generalizada.

É possível que a cafeína e o café forneçam algum tipo de consequência relacionada à ansiedade para aqueles que sofrem de ataques de pânico.

 Você está tendo ataques de pânico?

Ataques de pânico são um transtorno de ansiedade, mas eles são muito diferentes e muitas vezes o pânico parece um problema físico.

Para descobrir se você pode estar sofrendo de ataques de ansiedade, faça o meu teste de ansiedade grátis.

Ataques de pânico, ou transtorno do pânico, se enquadram na categoria de transtornos de ansiedade e, na verdade, muitos daqueles que vivem com ataques de pânico também têm ansiedade generalizada.

Ataques de pânico são casos de medo intenso geralmente caracterizados por seus sintomas físicos, ao invés de preocupações diárias normais.

Ataques de pânico são eventos imensamente físicos, e muitas pessoas que têm ataques de pânico são hospitalizadas porque pensam que estão sofrendo de um ataque cardíaco.

Aqueles que sofrem de ataques de pânico são ou tornam-se excessivamente sensíveis às sensações físicas do corpo.

A qualquer momento, eles podem sentir algo em seu corpo que automaticamente desencadeia uma onda de ansiedade que se transforma em um ataque de pânico, junto com uma série de sintomas físicos que causam consideráveis ​​medos com a saúde.

Ataques de pânico são muitas vezes incompreendidos, porque eles são quase impossíveis de controlar sem tratamento.

Esses gatilhos de saúde podem ser tão simples quanto não sentir como se a pessoa respirasse fundo ou tivesse um ligeiro desconforto no peito.

Uma vez que eles percebem esse sentimento, aqueles com transtorno de pânico são inundados com ansiedade incontrolável levando a um ataque de pânico debilitante.

Os ataques de pânico parecem ser a única área que a cafeína afeta negativamente.

A razão para isso tem a ver com o quanto a pessoa está sintonizada com as reações causadas pela cafeína:

  • Ligeiro aumento da frequência cardíaca.
  • Excesso de energia
  • Desconforto no estômago ocasional ou inchaço.

Essas coisas são relativamente inofensivas e muitas vezes passam despercebidas por pessoas sem transtorno do pânico.

Mas aqueles com ataques de pânico não podem deixar de notá-los, porque eles são hipersensíveis a essas sensações.

Depois de beber café e experimentar apenas o menor aumento na frequência cardíaca, aqueles com ataques de pânico sentem-se imediatamente mais pronunciados do que antes, e um ataque de pânico pode ser desencadeado.

Simplesmente a pressa da cafeína pode levar a algum tipo de sensação que desencadeia um ataque.

Portanto, é possível dizer que a cafeína afeta a ansiedade, mas apenas no que se refere aos ataques de pânico, que são um tipo muito específico de problema de ansiedade.

Veja também: 8 Hábitos Alimentares Que Podem Agravar A Ansiedade

Outras Questões Que Podem Ligar Cafeína A Ansiedade

É possível que uma das razões pelas quais uma associação seja considerada presente seja porque a ansiedade é uma experiência subjetiva.

A maioria das pessoas pode sentir cafeína quando entra em seu sistema.

Aqueles que sentem e são questionados sobre seus níveis de ansiedade podem simplesmente estar atribuindo sua energia extra à ansiedade retroativamente.

A ansiedade é uma experiência subjetiva e, geralmente, as experiências subjetivas geram evidências inconsistentes.

Além disso, é possível que estudos sobre os efeitos da cafeína não levem em consideração a tolerância.

É possível (embora, mais uma vez, a pesquisa não apoie essa afirmação) de que aqueles que não tomaram cafeína no passado reajam fortemente à substância mais do que aqueles que são tolerantes.

Isso também pode criar uma sensação de energia que é atribuída à ansiedade, mas geralmente não é mais do que energia relacionada à cafeína.

Finalmente, mencionamos anteriormente que o que você adiciona às suas bebidas cafeinadas também pode afetar a ansiedade.

Açúcares refinados podem ser prejudiciais ao corpo, então refrigerantes e bebidas com cafeína altamente açucaradas podem não ser ideais.

Todos eles podem potencialmente ligar cafeína e ansiedade, bem como café e ansiedade, mas nenhum deles é evidência de que o café causa ansiedade generalizada – apenas que existem razões para que outros possam relatar subjetivamente a ansiedade enquanto tomam cafeína.

Decidindo Se Você Deve Beber Café Ou Não

Aqueles que vivem com ansiedade lidam com uma quantidade considerável de estresse todos os dias.

Esse estresse pode ter um efeito poderoso no dia a dia, e aqueles que sofrem com esse nível de ansiedade devem considerar tudo o que puderem para melhorar sua qualidade de vida.

Se isso significa que você quer cortar a cafeína da sua dieta, então você deve cortar a cafeína da sua dieta.

Os potenciais benefícios de ansiedade da cafeína são suaves, na melhor das hipóteses, e as pessoas reagem de maneira diferente a diferentes mudanças na dieta, por isso pode valer a pena abandonar a cafeína e ver se sua ansiedade parece estar diminuindo.

No entanto, a pesquisa ainda tem que mostrar uma forte ligação entre café e ansiedade, e outras pesquisas parecem mostrar o efeito oposto – que não só a cafeína não afeta a ansiedade, mas também pode beneficiá-la.

Contanto que você esteja limitando seu consumo de cafeína a níveis saudáveis ​​e não sofrendo de ataques de pânico, há poucas razões para acreditar que você precisa parar de beber a próxima xícara de café.

Se você está sofrendo de ansiedade, eu recomendo fortemente que você faça o meu teste de ansiedade de 7 minutos ou cadastre seu e-mail no formulário abaixo para entrar no grupo de apoio gratuitamente.

 

0 comentários… add one

Leave a Comment