Acabe HOJE com os sintomas que você está sentindo

Cafeína E Ansiedade: Como Seu Hábito De Cafeína Afeta A Ansiedade?

A cafeína é a droga mais popular e amplamente utilizada no mundo.

De fato, 85% da população no Brasil consome algumas xícaras de café por dia.

Mas isso é bom para todos?

Segundo o Instituto Nacional de Saúde Mental, cerca de 31% dos adultos em algum momento de suas vidas experimentam um transtorno de ansiedade.

A cafeína afeta – ou até causa – ansiedade?

Veja também: A cafeína pode causar ataques de pânico?

Existe uma associação entre ingestão de cafeína e saúde mental.

De fato, o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) – que é um guia publicado pela associação de psiquiatria dos Estados Unidos e usado pelos profissionais de saúde para o diagnóstico de transtornos mentais – atualmente lista quatro distúrbios relacionados à cafeína:

  • intoxicação por cafeína
  • abstinência de cafeína
  • distúrbio não especificado relacionado à cafeína
  • outros transtornos induzidos por cafeína (transtorno de ansiedade, distúrbio do sono)

Um estudo de 2008 da Trusted Source mostrou como a cafeína aumenta o estado de alerta ao bloquear uma substância química do cérebro (adenosina) que faz você se sentir cansado, ao mesmo tempo em que desencadeia a liberação de adrenalina conhecida por aumentar a energia.

Veja também: O Café Causa Ansiedade? A Resposta Vai Lhe Surpreender

Se a quantidade de cafeína for alta o suficiente, esses efeitos serão mais fortes, resultando em ansiedade induzida por cafeína.

Embora existam benefícios mentais para a cafeína, doses elevadas são conhecidas como fonte confiável para induzir sintomas de ansiedade, e pessoas com transtorno do pânico e transtorno da ansiedade social são especialmente sensíveis.

Um estudo de 2005 observou que o consumo excessivo de cafeína pode levar a sintomas semelhantes às condições psiquiátricas, incluindo distúrbios do sono e ansiedade, aumento da hostilidade, ansiedade e sintomas psicóticos.

A concentração de cafeína varia de acordo com o tipo de bebida, a quantidade e o estilo da bebida.

Abaixo estão quantidades de cafeína em bebidas populares:

  • 240ml de café descafeinado contém 3 a 12 mg
  • 240ml de café preto comum contém 102–200 mg
  • 240ml de café expresso contém 240–720 mg
  • 240ml de chá preto contém 25-110 mg
  • 240ml de chá verde contém 30-50 mg
  • 240ml de erva-mate contém 65-130 mg
  • 350ml de refrigerante contém 37–55 mg
  • 350ml de bebidas energéticas contém 107–120 mg

De acordo com a agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), 400 miligramas por dia, que se traduz em cerca de 4 xícaras de café, normalmente não resultam em efeitos negativos ou perigosos para adultos saudáveis.

Veja também: 4 Maneiras Como O Açúcar Pode Estar Prejudicando Sua Saúde Mental

A Anvisa também estima que cerca de 1.200 mg de cafeína podem resultar em efeitos tóxicos, como convulsões.

Ao revisar esses números, lembre-se de que existem grandes variações nas sensibilidades das pessoas aos efeitos da cafeína e na velocidade com que elas a metabolizam.

Se você tomar algum medicamento, o medicamento também pode ser afetado pelo consumo de cafeína.

Fale com o seu médico se tiver alguma dúvida.

Existe uma associação entre o consumo de cafeína e a ansiedade, incluindo o transtorno de ansiedade induzido pela cafeína.

No entanto, para a maioria das pessoas, a ingestão moderada de cafeína é segura e pode trazer benefícios.

Cortar ou eliminar a cafeína rapidamente de sua dieta pode levar a sintomas de abstinência, que também podem causar ansiedade.

Se você sentir que sua ansiedade está aumentando devido à cafeína, ou está fazendo você se sentir ansioso, converse com seu médico sobre a quantidade certa para você.

Receba Nossos E-mails Sobre Tratamento Da Ansiedade

Dicas avançadas de enfrentamento científico e histórias pessoais, além de como melhorar sua saúde mental. Cadastre seu e-mail no formulário abaixo.